Mostrar mensagens com a etiqueta fruta. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta fruta. Mostrar todas as mensagens

domingo, 9 de julho de 2017

Caracóis de Maçã e Sultanas com Creme Custard

Maçã é sempre uma boa ideia, em tudo. Combina sempre tão bem! Nestes caracóis combina na perfeição :) Bom Domingo!








(Receita adaptada do portal Cookidoo australiano, colecção "Everyday Cooking")
Para 16 unidades
INGREDIENTES
Massa:
300g de leite meio-gordo
60g de manteiga
500g de farinha de trigo
11g de fermento de padeiro seco 
1 colher (de chá) de sal fino
1 ovo
Creme Custard:
30g de maisena
50g de açúcar
1 ovo
160g de leite meio-gordo
1 colher (de café) de aroma de baunilha



80g de sultanas
1 maçã grande
canela em pó q.b.
leite q.b.

Cobertura/Brilho (opcional):
4 colheres (de sopa) de açúcar
4 colheres (de sopa) de água
1/2 colher (de sopa) de maisena


PREPARAÇÃO

Método Bimby:
- Coloque no copo o leite, a manteiga e o fermento e programe 3min/37ºC/Vel.1;
- Adicione a farinha, o sal e o ovo e amasse 8min/Vel. Espiga. Transfira a massa para uma taça polvilhada com farinha, forme uma bola, tape a taça com película aderente e deixe levedar até dobrar de volume (cerca de 2 horas);
- Quando a massa estiver levedada, prepare o custard: Coloque no copo o açúcar e a maisena e programe 4seg/Vel.9, baixe o que ficou nas paredes do copo, com auxilio da espátula. Adicione o ovo, o leite e o aroma de baunilha e cozinhe 7min/90ºC/Vel.3 (Se for necessário, programe mais 1 minuto, caso o creme ainda não tenha espessura). Retire para uma taça e deixe arrefecer;
- Entretanto, estique a massa numa superfície enfarinhada, de forma a obter um rectângulo com cerca de 38x34 cm;
- Espalhe o creme custard pela massa, tendo o cuidado de não espalhar exactamente até às extremidades, deixe um espaço de cerca de 0.5 cm;
- Espalhe por cima as sultanas e a maçã cortada em pedacinhos pequeninos. Polvilhe com canela;
- Enrole agora a massa, pelo lado maior. Para ajudar a colar a massa, pode utilizar um pouco de água. Depois de obter o rolo, corte-o em 16 fatias iguais, obtendo assim as fatias dos caracóis;
- Coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal, tape com um pano de cozinha e deixe levedar mais meia hora;
- Pré-aqueça o forno a 180ºC. Pincele os caracóis com um pouco de leite e leve ao forno por 15 a 20 minutos.





Método Tradicional:

- Derreta a manteiga, junte ao leite e ao fermento e misture bem até dissolver o fermento;
- Junte a farinha, o sal e o ovo e amasse bem até obter uma massa uniforme e que não se pegue. Forme uma bola e deixe a levedar numa taça enfarinhada e tapada com pelicula aderente, até a massa dobrar de volume (cerca de 2 horas);
- Quando a massa estiver levedada, prepare o custard: Coloque a maisena e o açúcar num tacho, junte lentamente o leite para dissolver bem, adicione o ovo e o aroma de baunilha, mexa bem e leve ao lume até engrossar. Retire para uma taça e deixe arrefecer;
- Entretanto, estique a massa numa superfície enfarinhada, de forma a obter m rectângulo com cerca de 38x34 cm;
- Espalhe o creme custard pela massa, tendo o cuidado de não espalhar exactamente até às extremidades, deixe um espaço de cerca de 0.5 cm;
- Espalhe por cima as sultanas e a maçã cortada em pedacinhos pequeninos. Polvilhe com canela;
- Enrole agora a massa, pelo lado maior. Para ajudar a colar a massa, pode utilizar um pouco de água. Depois de obter o rolo, corte-o em 16 fatias iguais, obtendo assim as fatias dos caracóis;
- Coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal, tape com um pano de cozinha e deixe levedar mais meia hora;
- Pré-aqueça o forno a 180ºC. Pincele os caracóis com um pouco de leite e leve ao forno por 15 a 20 minutos.



Brilho (opcional): Se quiser que os caracóis fiquem com um aspecto mais brilhante, basta levar o açúcar, a água e a maisena ao lume até ferver e ficar uma mistura homogénea. Pincele os caracóis.








Bom Apetite!

sábado, 1 de julho de 2017

Gelado de Ananás e Côco (Piña Colada)

Finalmente consigo participar novamente no desafio do Dia Um... Na Cozinha!! Nem sempre o tempo chega para tudo, por mais que goste deste tipo de desafios não os consigo acompanhar como queria. Este mês calhou muito bem, tive tempo e o tema é "Gelados de Fruta"! Tinha em mente experimentar este gelado, aproveitei logo para o guardar para este dia. É escusado dizer-vos que o gelado é uma delícia, certo? Ananás e Côco juntos, oh nãooo! 😋 







(Adaptada da Revista Momentos de Partilha (Bimby) de Junho 2017)
INGREDIENTES
60g de açúcar
180g de leite de côco previamente congelado (cerca de meia lata)*
200 ml de natas previamente congeladas*
300g de ananás cortado em pedaços, previamente congelado
30g de côco ralado


PREPARAÇÃO
Método Bimby:
- Coloque todos os ingredientes no copo e triture 1min./vel.10, ajudando com a espátula através do bocal da tampa;
- Programe agora 35seg/vel.5, continuando a ajudar com a espátula pelo bocal da tampa;
- Sirva de imediato ou reserve numa caixa, nesse caso tape o gelado com película aderente para não formar cristais de gelo e retire do congelador cerca de 5 minutos antes de consumir.

Método Tradicional:
- Com auxílio de um liquidificador triture, aos poucos, todos os ingredientes até obter uma textura cremosa, de gelado. Deve fazê-lo aos poucos e com precaução para não sobreaquecer o aparelho;
- Sirva de imediato ou reserve numa caixa, nesse caso tape o gelado com película aderente para não formar cristais de gelo e retire do congelador cerca de 5 minutos antes de consumir.



*Nota: Costumo congelar as natas/leite/leite de côco em sacos para fazer gelo, ou em cuvetes de gelo, para que seja mais fácil de triturar, uma vez que ficam em pedaços pequenos.










Bom Apetite!

sábado, 20 de maio de 2017

Bolo de Maçã em Camadas

Os bolos de maçã são dos que mais se fazem por aqui! Este é da TeleCulinária Especial Bolos e Doces nº7, e passou a fazer parte do top aqui de casa (preferimos bolos simples, sempre). Que bela maneira de acabar com as maçãs que teimavam em ficar "para trás", e que já mostravam sinais de velhice.







INGREDIENTES
4 maçãs 
250g de farinha
280g de açúcar
4 ovos
120 ml de óleo
2 colheres (de chá) de fermento
1/2 colher (de chá) de aroma de baunilha

PREPARAÇÃO
Método Bimby:
- Ligue o forno a 180ºC. Unte uma forma de bolo inglês com manteiga e forre com papel vegetal, reserve;
- Descasque as maçãs, descaroce-as e corte-as em lâminas. Adicione-lhes 80g do açúcar e reserve;
- No copo coloque os ovos com o restante açúcar e bata, com borboleta, 5 min./Vel.3,5. Junte o óleo e o aroma de baunilha e programe 1min30/Vel.3.5;
- Adicione a farinha e o fermento e programe 12seg./Vel.3;
- Deite 1/3 da massa no fundo da forma e cubra com 1/3 da maçã. Volte a colocar uma camada de massa e outra de maçã por cima. Por fim, deite por cima a restante massa e coloque a última camada de maçã;
- Leve ao forno por cerca de 45 minutos.


Método Tradicional:
- Ligue o forno a 180ºC. Unte uma forma de bolo inglês com manteiga e forre com papel vegetal, reserve;
- Descasque as maçãs, descaroce-as e corte-as em lâminas. Adicione-lhes 80g do açúcar e reserve;
- Numa taça, bata os ovos com o restante açúcar até obter um creme esbranquiçado. Junte o óleo e o aroma de baunilha e bata mais um pouco;
- Adicione a farinha e o fermento aos poucos, mexendo lentamente com uma vara de arames;
- Deite 1/3 da massa no fundo da forma e cubra com 1/3 da maçã. Volte a colocar uma camada de massa e outra de maçã por cima. Por fim, deite por cima a restante massa e coloque a última camada de maçã;
- Leve ao forno por cerca de 45 minutos.








Bom Apetite!

sábado, 13 de maio de 2017

Tiramisu com Morangos


Lembram-se deste tiramisu, que tinha feito há dois anos atrás? Usei a mesma receita, só acrescentei morangos laminados (inspiração do portal de receitas "cookidoo", da Bimby) e acabei por simplificar a preparação. Tenho-vos a dizer que fica ainda melhor com morangos! Experimentem e comprovem! 







Para 6 taças
INGREDIENTES

500 ml de café bem forte, açúcarado
250g de queijo mascarpone
200 ml de natas
2 ovos
100g de açúcar
2 colheres (de sopa) de vinho do Porto (opcional)
Palitos Champanhe q.b.
350g de morangos laminados
Cacau em pó q.b.



PREPARAÇÃO
Método Bimby/Thermomix:
- Comece por preparar o café, junte o vinho do Porto e reserve;
- No copo coloque os ovos e o açúcar e bata, com a borboleta, por 6min./Vel.3.5. Adicione o mascarpone e as natas e programe 2min./Vel.2.5;
- Molhe palitos de champanhe no café e coloque no fundo das taças. Coloque uma camada de creme, morangos laminados por cima, outra camada de creme, palitos de champanhe molhados no café e finalize com uma fina camada de creme;
- Leve ao frigorífico por, pelo menos, 2 horas. Na hora de servir, polvilhe com cacau em pó.

Método Tradicional:
- Comece por preparar o café, junte o vinho do Porto e reserve;
- Bata os ovos com o açúcar muito bem, até obter um creme esbranquiçado e volumoso. Adicione o mascarpone e as natas e bata mais um pouco, até ficar um creme espesso;
- Molhe palitos de champanhe no café e coloque no fundo das taças. Coloque uma camada de creme, morangos laminados por cima, outra camada de creme, palitos de champanhe molhados no café e finalize com uma fina camada de creme;
- Leve ao frigorífico por, pelo menos, 2 horas. Na hora de servir, polvilhe com cacau em pó.









Bom Apetite!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Charlotte de Kiwi


Depois de uns bons tempos desaparecida, voltei com uma delícia bem colorida para animar estes dias que tem sido cinzentos.  Por cá o tempo tem sido escasso, não tem dado para vos adoçar a boca com as receitas deste recanto. Confesso que às vezes é também desleixo meu, vá. Mas prometo compensar-vos logo que possível! 😊😋
(Não testei na Bimby, logo que seja possível, colocarei o modo de preparação Bimby)







Fonte: TeleCulinária nº 1941 (Janeiro de 2017)
INGREDIENTES

300g de palitos la reine
500g de kiwi (+ 2 para decorar)
80g de açúcar
4 folhas de gelatina
300 ml de natas para bater
2 colheres (de sopa) de compota de kiwi (ou outra à escolha)

Calda:
100g de açúcar
200 ml de água
sumo de 1 laranja


PREPARAÇÃO

- Descasque os kiwis e triture-os até obter um puré. Deite-o num tacho com o açúcar e leve ao lume durante cerca de 10 minutos. Retire e reserve;

- Demolhe a gelatina em água fria por alguns minutos. Escorra-a, adicione-a ao preparado anterior, ainda morno, e misture bem de modo a ficar completamente dissolvida;
- Bata as natas em chantilly e envolva-as também no preparado;
- Prepare a calda: leve ao lume um tacho com o açúcar, a água e o sumo de laranja e deixe ferver durante cerca de 5 minutos. Retire e deixe arrefecer;
- Coloque um aro metálico sobre um prato de servir. Passe alguns palitos pela calda e forre o fundo do prato. Cubra com uma parte do creme e disponha outra camada de palitos demolhados. Finalize com o restante creme e leve ao frio até solidificar;
- Descasque e corte os 2 kiwis em rodelas e deite-os na calda que sobrou. Desenforme cuidadosamente a charlotte, pincele as laterais com a compota e coloque os restantes palitos à volta. Decore o topo com as fatias de kiwi e reserve no frio até solidificar.







Bom Apetite!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Compota de Tangerina

Para quem ainda tem presentes a fazer, para depois oferecer nesta época natalícia, aqui está uma sugestão: uma compota de tangerina bem saborosa. Sabem aquela compota de laranja que fica com um travo azedo? Esta também, aliás, é muito parecida de sabor! Por isso, tenham em atenção que também não é para todos os gostos 😉







INGREDIENTES
700g de tangerinas descascadas, em gomos
600g de açúcar
1 pau de canela (opcional)


PREPARAÇÃO

Método Bimby:
- Coloque as tangerinas e o açúcar no copo e triture 10seg/vel.6. Se desejar colocar canela, adicione o pau de canela no copo e programe 40min/120ºC/vel.1. Coloque o cesto sobre a tampa, em substituição do copo medida;
- Verifique a consistência do doce: Retire uma colher de sobremesa da compota para um prato e passe a colher no meio, se ficar um espaço, e a compota não voltar a "unir", está no ponto, caso contrário, programe mais 5min/120ºC/vel.1, e assim sucessivamente até estar no ponto;

- Retire o pau de canela (se usou) e programe 10seg/vel.4 (se quiser deixar pedaços maiores de fruta, ignore este passo);

- Coloque a compota em frascos previamente esterilizados, tape-os e vire-os ao contrário de um dia para o outro, para ganharem vácuo e aguentarem mais tempo.



Método Tradicional:
- Coloque as tangerinas, o açúcar e o pau de canela (opcional) num tacho, e vá mexendo de vez em quando;
- Verifique a consistência do doce: Retire uma colher de sobremesa da compota para um prato e passe a colher no meio, se ficar um espaço, e a compota não voltar a "unir", está no ponto, caso contrário, deixe ficar por mais algum tempo até chegar ao ponto;
- Retire o pau de canela (se usou) e passe a compota com a varinha mágica (se quiser deixar pedaços maiores de fruta, ignore este passo);
- Coloque a compota em frascos previamente esterilizados, tape-os e vire-os ao contrário de um dia para o outro, para ganharem vácuo e aguentarem mais tempo.









Bom Apetite!

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Curd de Maracujá

Este ano tive imensos maracujás, ao ponto de já não saber bem o que fazer com eles. Lembrei-me de fazer este curd, que saiu maravilhoso, sendo uma óptima sugestão para aqueles maracujás que já estão a ficar muito maduros. Supostamente deveria de levar mais ovos/gemas, e menos maracujás, mas a ideia era fazer um curd mais "leve", e acabou por resultar bem... ficou com bastante consistência, pouco doce (os mais gulosos devem acrescentar um pouco mais) e com um sabor fantástico dos maracujás. Exactamente o que procurava! Para um curd mais "composto" podem tirar à receita 2 maracujás e adicionar 1 gema.

É bastante fácil de fazer, e o melhor? Tem imensas aplicações! Podem misturar com iogurte, usar como recheio de uma torta ou de um bolo, como cobertura de um cheesecake, numa mousse... enfim, é só dar asas à imaginação!








INGREDIENTES
10 maracujás (polpa)
50g de manteiga
80g de açúcar amarelo (podem usar branco)
1 ovo


PREPARAÇÃO

Método Thermomix:
- Coloque a polpa dos maracujás e os restantes ingredientes no copo e programe 10 min./80ºC/vel.3;
- Coloque o curd num frasco com tampa e deixe arrefecer totalmente;
- Guarde o frasco no frigorífico. Aguenta-se cerca de 3 semanas.

Método Tradicional:
- Leve a polpa dos maracujás com os restantes ingredientes ao lume, num tachinho, e vá mexendo até obter um creme com alguma consistência;
- Coloque o curd num frasco com tampa e deixe arrefecer totalmente;
- Guarde o frasco no frigorífico. Aguenta-se cerca de 3 semanas.



Nota: O curd sai espesso q.b., ao ir ao frigorífico acaba por ficar mais espesso (como podem ver na imagem abaixo).












Bom Apetite!

domingo, 30 de outubro de 2016

Panna Cotta de Iogurte e Maracujá


É tempo de maracujás, que maravilha! Gosto de os comer de qualquer forma, em doces, simples, com iogurte natural. Sou fã deste fruto desde bem pequenina, e este ano, pela primeira vez, tive em casa (em abundância!) Deviam ver a minha felicidade cada vez que vou apanhar mais maracujás! =) 

Desta vez calhou uma panna cotta, receita adaptada da Bimby. De fácil e rápida preparação (principalmente se for na Bimby), é deliciosa! 






INGREDIENTES


Panna Cotta
6 folhas de gelatina
400g de natas
100g de açúcar (os mais gulosos podem acrescentar mais um pouco)
polpa de 2 maracujás
2 iogurtes gregos naturais (sem açúcar)


Molho de Maracujá
250g de polpa de maracujá (usei cerca de 12)
80g de açúcar




PREPARAÇÃO 

Método Bimby

Panna Cotta
- Coloque a gelatina numa taça com água fria, para hidratar. Reserve;
- No copo, colocar as natas, o açúcar, a polpa de maracujá e os iogurtes. Programe 6 min./80ºC/vel. 3;
- Junte a gelatina escorrida e programe 15seg./vel. 6;
- Coloque numa forma, previamente untada com óleo e leve ao frigorífico por, pelo menos, 3 a 4 horas.

Molho de Maracujá
- Coloque a polpa dos maracujás e o açúcar no copo e programe 5 min./120ºC/Vel.2/Colher Inversa;
- Enquanto não utiliza, reserve no frigorífico.


- Desenforme a panna cotta (para facilitar o processo, pode demolhar a forma em água bem quente durante alguns segundos) e disponha por cima o molho de maracujás.




Método Tradicional

Panna Cotta
- Coloque a gelatina numa taça com água fria, para hidratar. Reserve;
- Num tacho, leve ao lume as natas, o açúcar, a polpa de maracujá e os iogurtes, mexendo constantemente, até estar bem quente;

- Junte a gelatina escorrida e envolva bem;

- Retire do lume e coloque numa forma, previamente untada com óleo e leve ao frigorífico por, pelo menos, 3 a 4 horas.

Molho de Maracujá
- Coloque a polpa dos maracujás e o açúcar num tachinho e leve ao lume até o açúcar dissolver completamente;
- Enquanto não utiliza, reserve no frigorífico.


- Desenforme a panna cotta (para facilitar o processo, pode demolhar a forma em água bem quente durante alguns segundos) e disponha por cima o molho de maracujás.





Obs: O molho rende bastante... Mas para além daquele que coloco em cima da panna cotta inteira, ao servir coloco mais uma colher ou duas de molho por cima de cada fatia, e assim não sobra muito! =) 







Bom Apetite!

sábado, 30 de abril de 2016

O meu Bolo de Aniversário II - Bolo de Morangos e Natas

Já faz quase duas semanas que festejei o meu aniversário, era suposto deixar-vos cá a receita no próprio dia. Mas o tempo continua a ser curto! Achei, então, que este fim de semana era a altura ideal para vos deixar com esta bela sugestão, afinal de contas, Domingo é o Dia da Mãe. E elas não merecem um bolinho assim? =)
Mais uma vez, as fotos estão sem grande qualidade! Tinha muito pouco tempo para fazer o bolo, foi tudo a correr, tirei duas ou três fotos com o telemóvel e segui para a festa =D








(Receita adaptada do blogue A Toca da Formiguinha)
Ingredientes

Bolo
7 ovos
3 colheres (de sopa) de água morna
240g de açúcar
150g de farinha com fermento
1 colher (de café) de aroma de baunilha


Natas batidas (recheio/cobertura)
2 embalagens de natas
5 colheres (de sopa) de açúcar
2 folhas de gelatina 


Calda de Morangos (recheio)
400g de morangos
150g de açúcar
sumo de meio limão

Brilho
1/2 chávena de água
1/2 chávena de açúcar
1 colher (de sopa) de farinha maisena

Calda de açúcar (para humedecer o bolo)
1 chávena de água
1/4 chávena de açúcar



150-200 g de morangos frescos (para decorar)


Preparação
Calda de Morangos
- Coloque os morangos, o açúcar e o sumo de limão num tachinho. Deixe ferver por 10 minutos, ou até ficar com uma consistência de calda;
- Retire do lume e deixe arrefecer. Reserve;

Natas batidas
- Coloque as folhas de gelatina de molho, em água fria (usei as folhas de gelatina só para garantir que ficassem bem espessas para barrar, podem não colocar);
- Bata um pouco as natas, em velocidade baixa, com umas gotas de sumo de limão;
- Adicione o açúcar e continue a bater, em velocidade média, até as natas ficarem bem consistentes;
- Escorra as folhas de gelatina e leve ao microondas por segundos, para derreterem. Adicione às natas e bata, em velocidade baixa, apenas para envolver. Reserve no frigorífico.

Calda de açúcar
- Coloque todos os ingredientes num tacho e leve ao lume por 10 minutos. Deixe arrefecer.

Brilho
- Leve todos os ingredientes ao lume até ficar uma mistura homogénea, e que engrosse um pouco. Deixe arrefecer e reserve.

Bolo
- Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forme de fundo redondo sem buraco com manteiga e polvilhe com farinha;
- Numa taça, bata os ovos com a água e bata muito bem;
- Adicione o açúcar e bata durante, aproximadamente, 15 minutos (deve ficar uma massa bastante cremosa e com o dobro do volume);
- Envolva a farinha com uma espátula;
- Leve ao forno por, aproximadamente, 30 minutos. Retire do forno, deixe arrefecer por 5/10 minutos e desenforme. Reserve.

Montagem
- Corte o bolo ao meio, na horizontal. Coloque uma das metades no prato que o vai servir e molhe com a calda de açúcar. Barre com 1/3 das natas batidas e, de seguida, disponha por cima a calda de morangos;
- Coloque a outra metade do bolo por cima e decore com as restantes natas batidas. Disponha por cima os morangos cortados em fatias. Com a ajuda de um pincel, pincele o brilho por cima dos morangos.



Nota:
À volta usei farripa de hóstia, neste caso, deve barrar à volta do bolo com uma quantidade fininha de natas. Apenas o suficiente para a decoração "colar", caso contrário, ficará tudo enterrado e não ficará tão bonito!












Bom Apetite!

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Bolo de Clementinas com Pepitas de Chocolate

Com o frio que se tem sentido, acreditem que este bolo vem mesmo a calhar. É maravilhosoo! Fica perfeito a acompanhar um chá bem quentinho. E o melhor, é feito num instante! =)









Ingredientes:
2 chávenas de açúcar amarelo
1 chávena de óleo
2 chávenas de farinha
1 colher (de chá) de fermento
3 ovos
1 pitada de sal
2 clementinas com casca
1 colher (de café) de canela
100g de pepitas de chocolate (usei com 50% de cacau)

Calda:
Sumo de 3 clementinas
3 colheres (de sopa) de açúcar



Preparação:
- Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha;
- Coloque o açúcar, o óleo, os ovos e as clementinas (cortadas em quatro) no liquidificador e bata bem até ficar uma mistura homogénea;
- Coloque esta mistura numa taça e adicione a farinha, o sal, o fermento e as pepitas de chocolate. Envolva bem;
- Coloque a massa na forma e leve ao forno por, aproximadamente, 40 minutos;
- Quando o bolo estiver quase cozido, coloque o sumo das clementinas e o açúcar ao lume até ferver, deixe ferver 2 minutos. Logo que o bolo saia do forno, pique-o ligeiramente com um palito e adicione a calda. Deixe arrefecer e desenforme.











Bom Apetite!

domingo, 30 de agosto de 2015

Bolo de Pêssegos


Tenho cá em casa imensos pêssegos, tantos que sinceramente já nem sei o que lhes fazer (aceitam-se sugestões). Já fiz bolo, que é o que vos venho apresentar aqui hoje, já fiz sumo, já fiz compota... enfim, continuarei nas experiências culinárias com pêssegos até acabarem =P E são tão bons, tão docinhos! 







(Receita Adaptada da revista "Cozinha Maravilha" nº 54)
Ingredientes:
800g de pêssegos
100g de manteiga
100g de açúcar amarelo
100g de açúcar branco
raspa de meio limão
5 ovos
250g de farinha
1 colher (de chá) de fermento em pó
Sultanas q.b. (quase não pus, não sou muito apreciadora)

3 colheres (de sopa) de açúcar mascavado - ou amarelo, se preferirem

Preparação:
- Unte uma forma com margarina, forre-a com papel vegetal, unte novamente e polvilhe com farinha. Ligue o forno a 180ºC;
- Lave e descasque os pêssegos, corte-os ao meio, retire-lhes o caroço e lamine-os. Numa tigela, bata bem a manteiga com os açúcares e a raspa de limão até ficar um creme fofo e suave. Adicione depois os ovos, um a um, batendo sempre entre cada adição e junte a farinha misturada com o fermento, aos poucos e batendo sempre muito bem;
- Na forma, disponha de uma camada da mistura anterior, outra de pêssegos e sultanas, outra de massa e acabe com os restantes pêssegos. Polvilhe com as 3 colheres de açúcar mascavado e leve ao forno por, aproximadamente, 55 minutos. Desenforme, deixe arrefecer e sirva decorado a gosto.









Bom Apetite!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Doce de Amoras Silvestres


Desde pequenina que todos os anos, no mês de Agosto, vou apanhar amoras e depois faço doce. Quando era pequenina ia com a M. e era ela que fazia o doce, que eu tanto gostava de ajudar, e de provar! =) À medida que o tempo foi passando, fui ganhando o gosto pela cozinha e eu própria, desde muito cedo, comecei a fazer os meus doces e compotas. E hoje aqui estou eu, a partilhar a receita com todos vocês. Algo muito simples, mas tão delicioso! 






Ingredientes:

1 kg de amoras silvestres
800g de açúcar amarelo
Sumo de meio limão 

Preparação:
- Comece por esterilizar os frascos: Leve-os ao lume numa panela cobertos com água e deixe-os ferver por dez minutos. Retire-os da panela, coloque em cima de um pano limpo e reserve;
- Lave bem as amoras e deixe-as escorrer;
- Num tacho, leve ao lume as amoras, o açúcar e o sumo de limão. Vá mexendo até atingir o ponto de estrada (coloque um pouco de doce num prato, se ao passar a colher, fizer género de uma estrada, está no ponto);
- Coloque o doce nos frascos esterilizados e deixe-os virados com a tampa para baixo por 24 horas. 







Bom Apetite!